23 de abr de 2013

23 DE ABRIL DIA NACIONAL DA EDUCAÇÃO DO SURDO


Conheça o percurso e as dificuldades de alguns alunos 



Curso de Língua Gestual Portuguesa da ESEC.








FRASES PARA REFLEXÃO

"





" É impossível para aqueles que não conhecem a língua de sinais perceberem sua importância para os surdos: a influência sobre a felicidade moral e social dos que são privados da audição, a sua maravilhosa capacidade de levar o pensamento a intelectos que, de outra forma, ficariam em perpétua escuridão. Enquanto houver dois surdos no mundo e eles se encontrarem, haverá o uso dos sinais."*


J. Schuyler Long




" No mundo há muitas línguas diferentes, mas cada uma tem seu sentido. Porém, se eu não entendo a língua que alguém está falando, então quem fala é estrangeiro para mim e eu sou estrangeiro para ele."*


Primeira carta de Paulo aos Coríntios



"Os surdos podem comunicar-se mais facilmente e com maior precisão pela Língua de Sinais, porque o cérebro deles se adapta para esse meio e, se forçados a falar, nunca conseguirão uma linguagem eficiente e serão duplamente deficientes."


Vendo Vozes: Uma Viagem pelo Mundo dos Surdos



Oliver Sacks




"Quando eu aceito a língua de outra pessoa, eu aceito a pessoa.


Quando eu rejeito a língua, eu rejeitei a pessoa porque a língua é parte de nós mesmos.



Quando eu aceito a língua de sinais, eu aceito o surdo, e é importante ter sempre em mente que o surdo tem o direito de ser surdo. Nós não devemos mudá-los, devemos ensiná-los, ajudá-los, mas temos que permitir-lhes ser surdo."

Terje Basilier



"Os sinais podem ser agressivos, diplomáticos, poéticos, filosóficos, matemáticos: tudo pode ser expresso por meio de sinais, sem perda nenhuma de conteúdo."



"Para aprender a falar, um surdo precisa de horas diárias de trabalho árduo, enquanto o conhecimento dos sinais ocorre de forma espontânea, quase imediata.


Os surdos pré-linguais, ou seja, que nunca ouviram ou perderam a audição muito cedo, não invejam os ouvintes e não se consideram deficientes."




"Recuso-me a ser considerada excepcional, deficiente. Não sou. Sou surda. Para mim, a língua de sinais corresponde à minha voz, meus olhos são meus ouvidos. Sinceramente nada me falta. É a sociedade que me torna excepcional..." 


O vôo da gaivota



Emmanuelle Laborrit

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...